Assine o jornal do  site para receber notificações de alteração! Dúvidas ou  sujestões, entre em contato comigo! Tire dúvidas no  Fórum de Modelismo Alternativo! Assine meu livro  de visitas! Leia ou submeta  arquivos para o site! Aprenda a montar  modelos alternativos! Volte à página  inicial... Visite alguns  links interessantes! O mapa deste  site... Fotos de meus  modelos alternativos Como as coisas  eram feitas de verdade... Informações e  esquemas de aviões! Here you can view my English Language version of the site Acesse meu novo conteúdo de ferromodelismo
MODELISMO EM ESCALA COM MATERIAIS ALTERNATIVOS
Passos: 1 2 3 4 5 6

Planos Estruturais


Os objetivos de fazer um esquema estrutural do avião são:

  • Obter um guia de fácil consulta da ordem de montagem da maquete.
  • Produzir uma matriz para a construção de moldes e peças.
  • Fazer anotações importantes sobre detalhes do avião e da montagem do mesmo.
  • Obter rapidamente as distâncias e medidas das peças em escala.

Para produzir este esquema estrutural, é necessário possuir os diagramas, ou “3 view drawings” do avião. Estes são semelhantes a desenhos CAD. Qual a diferença então entre um esquema estrutural e um diagrama? Bem, esta pode não ser a forma como estas palavras são utilizadas normalmente, mas para efeito deste tutorial eu convenciono que um diagrama é todo e qualquer desenho que permita obter as linhas, e tão somente as linhas que definem a forma de um objeto, ou sua composição. Um destes tantos desenhos esquemáticos que encontramos por aí. Pense em um diagrama de circuito eletrônico... Já o plano estrutural, é um diagrama, que além de conter as linhas que definem a forma e composição dos objetos, traz ainda informações sobre a ordem de montagem, materiais utilizados, técnicas especiais para realização de dobras e articulações, entre outras várias possibilidades de dados e informações que auxiliem na montagem do modelo, ou seja, o plano visa especificamente a montagem do modelo, e não informação técnica sobre o avião real. Ambos se parecerão com desenhos CAD, mas o CAD tem necessariamente de ser feito por computador, enquanto nossos planos não.

Possuindo um diagrama para utilizar como base para criação do plano estrutural, seguem alguns passos que devem ser seguidos para a produção do plano... Este esquema presta-se à construção de modelos através das técnicas de lâminas e armação em cruz. Para a técnica de primitivos sólidos, deve-se adaptar o método.



Voltar ao topo da página

Passo 1


O plano pode servir para a produção de moldes... Para tanto, é interessante que seu esquema encontre-se na mesma escala escolhida para montagem do modelo. Isto elimina a necessidade de cálculos constantes durante a montagem.

Tome o diagrama original do avião, e trace retas entre os pontos extremos do comprimento e envergadura do mesmo. Esta será a referência central da armação em cruz a ser produzida. Considere ainda estas retas perpendiculares, como os eixos de um plano cartesiano...

A partir destas retas, trace perpendiculares (primeiro comprimento e depois envergadura) que se cruzem em pontos coincidentes com a silhueta das peças do avião. Isto produzirá uma grade (não precisa ser regular) em que cada ponto de interseção possuirá uma coordenada mensurável. As retas traçadas serão paralelas ao seu eixo, e perpendiculares ao eixo concorrente.

Anote em cada linha de sua grade, a sua distância ao eixo central do comprimento ou envergadura paralela a ela.

Representacao do metodo de copia de desenho

A grade de coordenadas é semelhante a um plano cartesiano, porém os eixos de comprimento e envergadura do avião localizam-se em zero, e todos os quadrantes possuem distâncias positivas aos eixos. Se você quiser trabalhar com valores negativos, a escolha é sua... Além disso, você poderá livremente deslocar os eixos para algum lado. O sistema de coordenadas é seu, lembre-se disso!



Voltar ao topo da página

Passo 2


Determine a escala utilizada em seu diagrama, se esta não for fornecida no mesmo. Para obter a escala utilizada no diagrama que você está utilizando, siga este exemplo: Um avião de 11,3m de comprimento representado com 10cm no de comprimento no diagrama original.

se comprimento real = 11,3m --- comprimento no diagrama = 10cm
logo
se comprimento real = (x)cm --- comprimento no diagrama = 1cm

1130*1 = 10x


x=113


A escala do diagrama é 1/113.


Digamos que queremos um modelo na escala 1/32...


Quantas vezes a escala 1/32 é maior que 1/113? Veja que tratamos de frações, e quanto maior o denominador, menor a escala...

Para obter o tamanho do avião na escala 1/32, basta dividir o denominador da escala menor, pelo da escala maior. No exemplo, 113/25 = 3.53125. Logo, cada medida na escala 1/32 será 3.53125 vezes maior que sua correspondente na escala 1/113. Assim, 10cm no diagrama original, corresponderão a 1130 cm no avião real, e a 35,3125 cm no plano estrutural em escala 1:32...



Voltar ao topo da página

Passo 3


Desenhe uma nova grade em papel branco, com suas linhas distanciadas conforme os novos valores de conversão da escala. Lembre-se que você não precisa conhecer os valores reais do avião na escala 100%, já que sabemos que as distâncias entre as linhas da grade serão 3.53506 vezes maiores no plano estrutural.

Marque na nova grade os pontos de referência para desenho (coordenadas conhecidas da silhueta do avião) e transcreva a figura com o auxílio destes pontos. Viu, virou jogo de ligar pontinhos... Você só teve de calcular a posição das linhas de sua grade!

É importante marcar pontos nos locais de fixação das asas, lemes, aviônicos, ou outras referências como ponto mais extremo da asa. Isto garantirá que não ocorram deformações graves em seu esquema estrutural



Voltar ao topo da página

Passo 4


Delimite cada uma das peças que pretenda construir separadamente, conforme imaginar que seja melhor. Sugiro que siga as instruções da ordem de montagem sugerida no tutorial. A definição destas peças depende justamente desta ordem de montagem. Para separar tais peças que você tenha delineado, utilize legendas como cores e padrões visuais para demarcação.



Voltar ao topo da página

Passo 5


Destaque visualmente com cores as divisões das peças, e a silhueta do avião, para facilitar visualização. Isto irá deixar as informações menos importantes em segundo plano, e evitar confusão visual.

Se a densidade de informações em seu esquema for muito grande, você poderá criar uma coleção de planos separados por temas. Ex: esquema de peças; esquema de dobras; esquema de articulações; esquema de anotações, etc.



Voltar ao topo da página

Passo 6


Transcreva todos os ângulos e medidas relevantes para seu novo plano, de forma a poder consulta-los facilmente.


Voltar ao topo da página Versão para impressão Próxima página
Jornal  -  Contato  -  Fórum  -  Guestbook  -  Artigos  -  Tutoriais  -  Modelismo Alternativo
Links  -  Mapa do Site  -  FAQ  -  Galeria de Modelos  -  Detalhes de Aviões  -  Dados Sobre Aviões


Clique aqui para Ativar / Desativar o Glossário
planos estruturais  -  moldes  -  escala  -  diagramas