Assine o jornal do  site para receber notificações de alteração! Dúvidas ou  sujestões, entre em contato comigo! Tire dúvidas no  Fórum de Modelismo Alternativo! Assine meu livro  de visitas! Leia ou submeta  arquivos para o site! Aprenda a montar  modelos alternativos! Volte à página  inicial... Visite alguns  links interessantes! O mapa deste  site... Fotos de meus  modelos alternativos Como as coisas  eram feitas de verdade... Informações e  esquemas de aviões! Here you can view my English Language version of the site Acesse meu novo conteúdo de ferromodelismo
MODELISMO EM ESCALA COM MATERIAIS ALTERNATIVOS

Base para pintura

Algumas tintas não conseguem cobrir a superfície do papel ou papelão satisfatoriamente. É o caso dos esmaltes sintéticos em spray e das tintas plásticas e acrílicas quando aplicadas diluídas com auxílio de um aerógrafo. Estas tintas costumam apresentar baixa cobertura sobre o papelão, exigindo numerosas demãos para que a textura do papelão e qualquer desenho feito sobre ele desapareçam. Em alguns casos, a tinta escorre ou se aglutina em alguns pontos, deixando parte da superfície descoberta. Para resolver este problema e não ficar preso a tintas grossas e viscosas, aplicáveis somente com pincéis, você pode aplicar uma base como preparação para pintura. Esta base deve ser capaz de receber corretamente os pigmentos de qualquer tinta aplicada sobre ela. A base para pintura poderá ser uma tinta viscosa e espessa (branca ou incolor como um verniz, uma resina ou um polímero). Esta base será aplicada com pincel, deve secar de forma lenta para que a superfície se torne homogênea, e prefere-se que não seja à base d'água para não estragar o modelo. Eu pessoalmente sugiro uma mistura que aprendi em um programa de TV: um impermeabilizante para azulejos capaz de resistir à água quando seco, sem cor e muito transparente, de aspecto emborrachado tipo silicone e capaz de receber sobre ele vários tipos de pintura. Ele é solúvel em álcool

Impermeabilização


A mistura que eu aprendi na TV é uma combinação de 1 parte de cola branca com 1 parte de álcool etílico

Para fazer a combinação, você deverá utilizar vasilhame limpo, e um misturador (pode ser um lapiz).

Adicione o álcool na vasilha e despeje a cola branca por cima. Com o auxílio do misturador comece a agitar. Rapidamente se formará uma goma branca de cola, que se enrolará ao redor do lapiz aparentando que a mistura deu errado. Continue agitando. Você perceberá, que com o passar de 1 minuto ou dois a mistura sofrerá um leve aquecimento, pois está ocorrendo uma reação química. A goma aos poucos se desfará, transformando o álcool em um gel fino e de cheiro característico. Este gel é a base impermeabilizante que deve ser espalhada com pincel sobre toda a superfície do modelo.

Cuidado agora, pois uma vez em contato com a água, o gel formará uma película branca difícil de desfazer, atrapalhando a limpeza de pincéis, aerógrafos e pistolas de pintura

Uma vez aplicado, o impermeabilizante se tornará branco conforme seca, voltando a ser transparente no final do processo. Quando ele estiver transparente novamente, estará seco e resistente à água

Esta é uma excelente base para pintura, além de deixar seu modelo de papelão resistente a respingos e tempo úmido


Remoção de pelos


Quando você lixa uma peça de papelão, este se desagrega formando pelinhos muito pequenos, mas que destroem qualquer trabalho de pintura, especialmente nos modelos em escala.

A base impermeabilizante acima descrita não é capaz de remover satisfatóriamente os pelos da superfície... Torna-se necessária, então, a aplicação de algum outro revestimento que possa eliminar os pelos de todo o modelo.

A aplicação de um revestimento anti-pelos deve ser feita antes de qualquer outra tarefa de revestimento. Por exemplo: se quizermos impermeabilizar o modelo, que impermeabilizemos também este revestimento. Além disso, não deve ser aplicado sobre a base impermeabilizante nenhum material que será lixado após secagem, pois você corre o risco de lixar a base impermeabilizante em alguns pontos também.

Um revestimento capaz de remover pelos deve ser mais expesso que os pelos. É por isto que a base de cola e álcool não é eficiente neste caso. Para tanto, podemos utilizar o gêsso acrílico.

O gesso acrílico é um material muito fino e fácil de lixar. Sua camada de cobertura depende, no entanto, da quantidade de material aplicado. Isto ocorre porque ele é uma massa de correção que ao ser aplicada não escorre nem se reorganiza com a mesma facilidade que uma tinta.

Ao ser aplicado em uma fina camada sobre a superfície (entenda fina uma camade de gesso acrílico aplicada com espátula, capaz de cobrir toda a superfície e eliminar os pelos, sem no entanto alterar significativamente a espessura da peça revestida. Num modelo em escala, o ganho de espessura pode ser muito grave.), o gesso acrílico poderá ser lixado, deixando toda a superfície lisa e homogênea, sem alterar a espessura da peça.

Após qualquer trabalho de lixa, você deverá limpar bem a peça trabalhada, seja ela revestida ou não.

Após o revestimento anti-pelos, você poderá aplicar o impermeabilizante normalmente. As características de pintura da superfície assim tratada não lembrarão em nada aquelas características indesejáveis da pintura direta sobre papelão ou papel pardo.


Voltar ao topo da página Versão para impressão Próxima página
Jornal  -  Contato  -  Fórum  -  Guestbook  -  Artigos  -  Tutoriais  -  Modelismo Alternativo
Links  -  Mapa do Site  -  FAQ  -  Galeria de Modelos  -  Detalhes de Aviões  -  Dados Sobre Aviões


Clique aqui para Ativar / Desativar o Glossário
impermeabilização